Tag Archives: lavar roupa

Lavar a roupa de forma ecológica e económica

Hoje em dia, fala-se muito em ecologia, mas a verdade é que não se consegue mudar as ideias e hábitos das pessoas do dia para a noite… é necessário muito trabalho para mudar as mentalidades e formas de viver, para tornar o mundo mais ecológico. Começando, pelo simples gesto de lavar a roupa, se o fizermos uma lavagem ecológica e amiga do ambiente, entre outras vantagens podemos poupar dinheiro e energia.

Seguem-se algumas dicas de mecanismos que podemos usar de forma a fazer uma lavagem ecológica da roupa.

  • Deve lavar a roupa em água fria, pois ela fica bem lavada e poupa energia, dinheiro, além de prolongar a vida da sua roupa.
    Lave a roupa com água quente somente quando necessário.
  • Se não tiver roupa suficiente para encher uma máquina, faça apenas meia máquina e adeqúe o programa à quantidade que vai lavar. Deste modo, poupa energia e água.
  • Privilegie o uso produtos biodegradáveis, tanto detergentes como amaciadores.
  • Use sempre as quantidades de detergente recomendadas, evite o desperdício e poupe o ambiente.
  • Use água oxigenada em vez de lixívia ao lavar a roupa. Se a água oxigenada estiver numa concentração de 3% faz o mesmo que a lixívia e é mais amiga do ambiente. Deite um copo de água oxigenada na máquina durante a lavagem de roupa branca e, neste caso, lave com água quente. Se não encontrar água oxigenada a 3% pode substituir por meio copo de sumo de limão.
  • Para amaciador de roupa pode e deve utilizar o vinagre; adicione meio copo de vinagre branco em cada lavagem, podendo perfumá-lo com algumas gotas de óleo essencial.
    Pode também preparar o seu amaciador de roupa ecológico, com um copo de bicarbonato de sódio, dois copos de água, algumas gotas de óleo essencial para perfumar e um copo de vinagre. Misture muito bem e armazene num recipiente.
  • Produza o seu próprio detergente 100 % ecológico. Para tal, triture um sabonete puro, coloque-o num tacho e cubra-o com água; aqueça em lume brando, mexendo sempre até dissolver por completo. Noutro recipiente ferva cerca de 9 litros de água e junte-lhe o sabonete derretido ainda quente, adicione 1 copo de bicarbonato de sódio e meio copo de bórax. Deixe arrefecer e utilize meio copo do produto nas lavagens da sua roupa.
  • Não compre tira nódoas químicos, que só vão prejudicar o ambiente pode sempre retirar as nódoas da sua roupa utilizando produtos naturais e ecológicos como, pasta de dentes, sumo de limão, bicarbonato de sódio, vinagre e bórax.
  • Lave à mão a roupa delicada ou peças de grandes dimensões como edredons, cobertores ou carpetes. Utilize um detergente ecológico, um balde e uma vassoura, evitando deste modo um gasto desnecessário em lavandarias.
  • Seja amigo do ambiente e, sempre que possível, ligue a máquina de lavar roupa nos horários mais económicos, diminuindo o consumo de eletricidade. Atualmente quase todas as máquinas são programáveis, podendo realizar a lavagem a qualquer hora do dia.

Seguindo estas dicas, poderá a lavar eficazmente a roupa, de forma ecológica e com a grande vantagem de economizar energia.

Lavar a roupa de forma ecológica económica

Substitua os químicos por produtos de limpeza naturais

Caso pretenda substituir produtos de limpeza químicos por produtos naturais, mais sustentáveis em termos económicos e ecológicos, deve fazê-lo faseadamente. Não elimine radicalmente os produtos químicos que tem em casa vez pois, desta forma, poderá escolher de entre os vários produtos naturais, o que mais lhe agrada para fazer determinado tipo de limpeza.

Saber escolher os produtos para fazer uma limpeza mais natural e ecológica

Há diferentes ingredientes possíveis de serem utilizados para fazer uma limpeza da casa mais sustentável e económica, praticamente todos eles fáceis de encontrar em qualquer superfície comercial.

Saiba quais são os produtos naturais que permitem fazer uma limpeza da casa económica e eficaz, mantendo-a impecável e sem quaisquer substâncias químicas perigosas.

  • Amónia
    A amónia é eficaz na limpeza de quase todas as superfícies domésticas. Deve, no entanto, mantê-la fora do alcance das crianças.
  • Bicarbonato de sódio
    Entre as várias finalidades, o bicarbonato de sódio elimina os ácidos, atua como desengordurante e desodorizante de espaços.
    Use o bicarbonato para limpar o forno do fogão de forma eficaz e não tóxica. Para tal, basta que aplique uma pasta de bicarbonato e água no forno, deixando atuar durante algumas horas (por exemplo durante a noite). O melhor será limpar o forno do fogão com regularidade, preferencialmente após cada utilização.
    Embora não sendo um substituto do detergente da roupa, o bicarbonato de sódio é um excelente ativador da sua ação de limpeza, permitindo gastar apenas metade do detergente comum. Para tal, baste colocar metade da dose de detergente e 1/4 de bicarbonato (para lavar e amaciar roupas mais sensíveis). Para as em roupas mais sujas e resistentes, poderá usar bórax.
  • Bórax
    Desodoriza espaços, inibe o crescimento de bolor e mofo, aumenta o poder de limpeza do sabão ou dos detergentes e remove nódoas.
    Para produzir um lava tudo caseiro, basta dissolver duas colheres de sopa de bórax e uma de detergente/sabão num litro de água. Esta solução de limpeza pode depois ser depositada num recipiente com pulverizador e utilizar sempre que necessário.
  • Sabão
    O sabão é um excelente produto de limpeza natural, que se revela eficaz sobretudo na lavagem e tratamento de roupa.
  • Sal
    Além dos fins culinários para que o sal é vulgarmente utilizado, ele é também um excelente produto de limpeza natural. Veja as suas várias opções no artigo que escrevemos acerca da utilização do sal nas limpezas domésticas.
  • Sumo de limão
    O sumo de limão é bom para limpar vidros, remover manchas do alumínio e da porcelana e também pode algumas nódoas. Na lavagem e tratamento da roupa, o sumo de limão funciona como branqueador natural, colocando as peças a corar ao  sol.
  • Vinagre
    O vinagre dissolve calcário e remove eficazmente a gordura. O vinagre também é um ótimo produto natural para limpar o interior do frigorífico e remover odores aí existentes.
    Para limpar a sanita, experimente colocar uma chávena de vinagre e logo a seguir um pouco de bicarbonato de sódio. A junção destes dois produtos originará uma reação que assegura a limpeza da sanita. A junção destes dois produtos também é eficaz para desentupir canos. Quando a reação assentar, deite água a ferver, completando assim o processo de desentupimento.
    Veja outras utilizações do vinagre no espaço que dedicámos para descrever as diversas utilizações do vinagre como produto de limpeza natural.

Saiba como poupar água

A água é um bem fundamental à vida. É uma preciosidade que utilizamos em quase todas as atividades, mas damos-lhe pouca ou quase nenhuma importância. Apesar de todo o mundo ser constituído por 75% de água, só cerca de 2% de toda essa água é que é potável.

Mas a água potável disponível é ainda inferior, porque muita da água potável se encontra nas regiões polares ou subterrâneas, de difícil acesso. O ser humano apenas fica com a água presente em rios, pântanos e lagos, totalizando esta 0,007% do total da água potável.

Como o desperdício ainda é bastante, torna-se imperioso utilizar a água com bom senso e racionalidade, para que não comprometamos a utilização da água potável nas gerações vindouras e elas possam usufruir deste bem precioso.

É necessário corrigir o desperdício da água – no trabalho, na escola ou em casa, em todas atividades diárias. Para que isso aconteça, deixamos algumas sugestões para que possa poupar água.

  • Na casa de banho
    1. Sempre que for possível, opte por tomar um duche em vez de encher a banheira e tomar um banho de emersão. Além disso, deverá fechar a torneira enquanto se ensaboa.
    2. Coloque uma garrafa com água dentro do autoclismo.
    3. Feche a torneira sempre que escovar os dentes., ou fizer a barba. Com esta medida, poupa cerca de 1 litro de água em cada utilização e, ao fim do dia, poderá poupar muitos litros de água, evitando o seu desperdício.
    4. Utilize redutores de fluxo de água nas torneiras e chuveiros. Ao reduzirem o caudal da água, estes redutores ajudam a poupar muita água diariamente.
    5. Não coloque lixo na sanita, com a subsequente descarga de água. A sanita não é nenhum balde do lixo, deve por as coisas no seu lugar e o que é lixo deve ir para o caixote.
  • Na cozinha
    1. Se utilizar máquina de lavar a loiça, coloque-a a trabalhar só quando estiver com a carga máxima. Se lavar a loiça à mão, junte as peças e lave-as uma ou duas vezes por dia, limpe os restos de comida dos pratos antes de começar a lavá-los, deixe as panelas e tachos de molho e utilize a quantidade de detergente necessária para realizar uma lavagem correta.
    2. Para lavar a roupa, ligue a máquina de lavar quando tiver uma carga completa. Para pouca roupa ou peças isoladas, deve lavar à mão e ainda pode reutilizar essa água para limpar o chão, por exemplo.
    3. Utilize redutores de fluxos nas torneiras.
  • Sempre que uma torneira avariar, tente consertá-la imediatamente, não as deixe a pingar; uma torneira nestas condições pode levar a um gasto de 30 litros diários.
  • Quando estiver a regar plantas ou o seu jardim, a melhor altura para o fazer é logo pela manhã, quando o calor ainda não está forte, ou ao fim do dia. Se possível reutilize a água usada na lavagem dos legumes ou frutas; poderá também utilizar água de poços ou ribeiros, caso disponha de algum perto de sua casa.
  • Quando lavar o carro, use um balde e uma esponja em vez de mangueira e, desta forma, poupa muita água.

Estes são alguns exemplos bastante fáceis de aplicar no dia a dia de cada um de nós e com resultados muito positivos, não só na poupança de água, como também para a preservação do nosso planeta.

Dicas para uma boa lavagem da roupa

Manter sempre a roupa cuidada, suave e bem lavada não é tarefa fácil, muito menos para quem está a começar a aprender. Há uma série de aspetos a ter em atenção, como as cores das peças, as dosagens, o tempo e a temperatura de lavagem, porque um pequeno erro na escolha do programa de lavagem da máquina e a roupa encolhe, fica tingida e com nódoas que não se conseguem eliminar.

Indicamos algumas dicas fáceis e seguras que deve ter em atenção para que a sua lavagem de roupa decorra de forma mais vantajosa e as suas roupas durem muito mais tempo.

1. INDICAÇÕES A TER EM CONTA ANTES DE PÔR A MÁQUINA A LAVAR

Separar a roupa
A lavagem da roupa começa muito antes de a colocar na máquina de lavar, inicia-se com a separação da roupa, atendendo à sua cor e resistência.

Deve começar por separar a roupa mais delicada – como as peças de lã, de seda ou de algodão. De seguida deve separar as peças de roupa de cor das peças brancas ou claras e as peças que podem levar lixívia das que não podem. Se tem dúvidas relativamente à resistência da cor, faça um pequeno teste: coloque um pouco de água quente num local pouco visível, sobreponha um pano branco e passe o ferro por cima; se este ficar tingido, é porque a peça vai tingir.

Pôr roupa de molho
Não deixe as peças mais de duas horas de molho, porque os micróbios presentes na roupa suja, deixam mau cheiro na roupa.

Ler muito bem as etiquetas
Deve ter em atenção as instruções indicadas nas etiquetas da roupa para se certificar da lavagem correta (à mão, à máquina ou a seco).

Escolher o ciclo de lavagem e a temperatura da água
A composição das peças de roupa faz variar a temperatura e o programa de lavagem.

  • Tecidos mais delicados como o linho, algodão, seda, ou lã, encolhem se lavados a altas temperaturas e as peças ficam deformadas se estendidas na vertical.
  • Os tecidos sintéticos devem ser lavados em água morna e passados a ferro do avesso.
  • As peças de ganga devem lavar-se sempre do avesso e com a temperatura da água nunca superior a 40 graus centígrados.

Utilizar as doses de detergente recomendadas
uso de detergente em excesso deteriora o ambiente e danifica a roupa, porque dificulta a dissolução do mesmo e, por isso, causa nódoas.

Colocar a carga de roupa correta
Coloque sempre que possível a máquina a lavar com a carga máxima, poupando energia e água, mas nunca coloque carga a mais, pois esta fica mal lavada e estraga a sua máquina. Para ter noção da quantidade de roupa, encha a máquina e coloque a mão fechada dentro do tambor – deve ter espaço suficiente para a mão e o pulso se movimentarem livremente.

2. OUTRAS DICAS PRÁTICAS

  • Ao colocar a roupa na máquina, verifique os bolsos das calças e dos casacos e feche todos os fechos para não rasgar.
  • Para não perder meias ou deixar meias sem par entre o momento em que vão para a roupa suja e a hora de as arrumar na gaveta, mantenha-as sempre juntas. Para isso, basta dobrá-las antes de as pôr no cesto da roupa suja e, quando as puser a lavar, faça uma dobra na abertura da perna (também poderá prendê-las com um elástico ou colocar prendedores próprios). Estenda sempre o par e, quando apanhar a roupa, dobre logo as meias.
  • Retire sempre a roupa da máquina, mal esta acabe de lavar, sacudindo-a e esticando-a, porque se a roupa ficar muito tempo na máquina ganha vincos, o que dificulta a tarefa de passar a ferro.

Estas indicações a ter em conta na lavagem da roupa, que parecem tão simples, podem fazer toda a diferença para manter a roupa limpa, perfumada e bem organizada.

Dicas para lavar diferentes tipos de tecido

Antes de começar a lavar a roupa, é muito importante conhecer a composição das mesmas, isto é, saber qual é o tipo de tecido e como se deve proceder para reduzir ao mínimo os possíveis estragos causados durante a lavagem.

Mas independente do tecido, sempre que cair uma nódoa na peça de roupa, deve lavá-la o mais rápido possível. Existe uma enorme variedade de tecidos, por isso é importante saber interpretar as etiquetas e identificar o tipo de fibra que constitui o tecido, porque cada fibra tem o seu ciclo e a sua temperatura de lavagem.

De seguida, sugerimos algumas dicas de como lavar os diferentes tipos de tecido.

Como lavar tecidos de Seda

Os tecidos de seda são muito delicados, é preciso ter especial cuidado com as sedas coloridas porque estas dividem-se em dois grupos, nas coloridas de cor firme e nas de cor não firme.

Para saber se a seda colorida é de cor firme ou não, molhe uma ponta do tecido e torça-o várias vezes. Se durante este processo libertar tinta, estas peças não podem ficar de molho; neste caso, a roupa deve ser ensaboada com sabão neutro e enxaguada rapidamente, para não ficar manchada.

Nas sedas coloridas de cor firme, coloque-as em molho com 2 colheres de sopa de detergente em pó, para roupa delicada. Retire a roupa, envolva numa toalha bem apertada e passe-a a ferro ainda molhada.

Como lavar tecidos de algodão

É preciso ler as indicações da etiqueta, se mencionar lavar só em água fria, é sinonimo que o tecido de algodão se lavado em água quente encolhe, em peças de algodão pré-encolhidas podem ser lavadas em água quente, morna ou frio, dependendo da peça e recomendações dos fabricantes mencionados na etiqueta.

Como lavar tecidos de linho

Sendo uma fibra natural, é necessário alguns cuidados básicos a ter com as peças de linho como ler a etiqueta e verificar se a pode lavar na máquina ou a seco. Se poder lavar na máquina utilize o detergente correto e siga as instruções da etiqueta, tendo sempre em atenção que o linho absorve muita água, por isso não deve encher completamente a máquina de lavar.

Como lavar tecidos bordados

Estes tecidos não podem ser lavados na máquina. Deve polvilhar o tecido com pó de magnésio e deixar em repouso durante algumas horas; de seguida, retire o excesso do pó e repita a operação, se necessário.

Como lavar tecidos de lã

Os tecidos de lã são famosos por durarem uma eternidade, mas é preciso alguns cuidados: devem ser todos lavados a frio, à mão ou na máquina de lavar, mas num programa para roupas delicadas, senão podem encolher.

Como lavar tecidos sintéticos

Os sintéticas devem ser lavados em água fria, à mão, e com sabão, para que não percam a elasticidade original. As roupas de fibras sintéticas guardam o cheiro de transpiração, por isso, no momento de lavagem deve-se enxaguar a roupa numa solução de 1 colher de bicarbonato de sódio e água.

Com as dicas de limpeza e lavagem que deixámos acima, poderá limpar diversos tipos de tecidos sem os danificar ou alterar as suas características.