Tag Archives: vinagre

Lavar a roupa de forma ecológica e económica

Hoje em dia, fala-se muito em ecologia, mas a verdade é que não se consegue mudar as ideias e hábitos das pessoas do dia para a noite… é necessário muito trabalho para mudar as mentalidades e formas de viver, para tornar o mundo mais ecológico. Começando, pelo simples gesto de lavar a roupa, se o fizermos uma lavagem ecológica e amiga do ambiente, entre outras vantagens podemos poupar dinheiro e energia.

Seguem-se algumas dicas de mecanismos que podemos usar de forma a fazer uma lavagem ecológica da roupa.

  • Deve lavar a roupa em água fria, pois ela fica bem lavada e poupa energia, dinheiro, além de prolongar a vida da sua roupa.
    Lave a roupa com água quente somente quando necessário.
  • Se não tiver roupa suficiente para encher uma máquina, faça apenas meia máquina e adeqúe o programa à quantidade que vai lavar. Deste modo, poupa energia e água.
  • Privilegie o uso produtos biodegradáveis, tanto detergentes como amaciadores.
  • Use sempre as quantidades de detergente recomendadas, evite o desperdício e poupe o ambiente.
  • Use água oxigenada em vez de lixívia ao lavar a roupa. Se a água oxigenada estiver numa concentração de 3% faz o mesmo que a lixívia e é mais amiga do ambiente. Deite um copo de água oxigenada na máquina durante a lavagem de roupa branca e, neste caso, lave com água quente. Se não encontrar água oxigenada a 3% pode substituir por meio copo de sumo de limão.
  • Para amaciador de roupa pode e deve utilizar o vinagre; adicione meio copo de vinagre branco em cada lavagem, podendo perfumá-lo com algumas gotas de óleo essencial.
    Pode também preparar o seu amaciador de roupa ecológico, com um copo de bicarbonato de sódio, dois copos de água, algumas gotas de óleo essencial para perfumar e um copo de vinagre. Misture muito bem e armazene num recipiente.
  • Produza o seu próprio detergente 100 % ecológico. Para tal, triture um sabonete puro, coloque-o num tacho e cubra-o com água; aqueça em lume brando, mexendo sempre até dissolver por completo. Noutro recipiente ferva cerca de 9 litros de água e junte-lhe o sabonete derretido ainda quente, adicione 1 copo de bicarbonato de sódio e meio copo de bórax. Deixe arrefecer e utilize meio copo do produto nas lavagens da sua roupa.
  • Não compre tira nódoas químicos, que só vão prejudicar o ambiente pode sempre retirar as nódoas da sua roupa utilizando produtos naturais e ecológicos como, pasta de dentes, sumo de limão, bicarbonato de sódio, vinagre e bórax.
  • Lave à mão a roupa delicada ou peças de grandes dimensões como edredons, cobertores ou carpetes. Utilize um detergente ecológico, um balde e uma vassoura, evitando deste modo um gasto desnecessário em lavandarias.
  • Seja amigo do ambiente e, sempre que possível, ligue a máquina de lavar roupa nos horários mais económicos, diminuindo o consumo de eletricidade. Atualmente quase todas as máquinas são programáveis, podendo realizar a lavagem a qualquer hora do dia.

Seguindo estas dicas, poderá a lavar eficazmente a roupa, de forma ecológica e com a grande vantagem de economizar energia.

Lavar a roupa de forma ecológica económica

Como tirar nódoas de molhos para churrasco

Quando se organiza ou participa num churrasco, é muito fácil ficar-se com nódoas, especialmente as manchas dos molhos, que podem facilmente escorrer da sanduíche, manchando roupas, estofados ou carpetes.

Como acontece com quase todas, a nódoa será mais fácil de limpar se  for tratada o mais rapidamente possível. Saiba como atuar para eliminar este tipo de manchas.

Tirar nódoas de churrasco de roupas e tecidos laváveis

  • Raspe qualquer excesso de molho de churrasco do tecido.
  • Vire a peça manchada do avesso e passe-a por água fria corrente (não o deverá fazer com água quente!).
  • Faça um pré-tratamento da nódoa com detergente líquido, esfregando rapidamente sobre a mesma. Deixe descansar por alguns minutos e enxagúe bem.
  • Esfregue suavemente a nódoa com um pano limpo embebido em vinagre branco e passe abundantemente por água.
  • Repi
    ta o processo de lavagem com detergente líquido e aplicação de vinagre  até ter removido o máximo possível da mancha.
  • Aplique um tira-nódoas de pré-lavagem e, em seguida, lave o tecido como habitualmente.
  • Caso a nódoa se mantenha, coloque um pouco de  detergente líquido sobre a área manchada e deixe de molho, em água morna, cerca de meia hora. Em seguida, lave novamente.
  • Se colocar a peça a secar no secador da roupa, não o faça sem ter a certeza de que a mancha já está completamente limpa. Caso contrário, irá ficar ainda mais definida.

Tirar nódoas de churrasco de estofados

  • Retire ao máximo o molho dos estofos, tendo o cuidado de não alastrar a mancha.
  • Passe a nódoa com um pano branco limpo, embebido numa solução preparada com 2 copos de água fria e 1 colher (sopa) de detergente líquido.
  • Esfregue bem até o líquido ser absorvido e repita as vezes necessárias para tirar a nódoa do estofado.
  • Limpe bem a área tratada com um novo pano branco e água fria, molhando o estofo somente o necessário para que fique limpo. Em seguida, deixe secar.
  • Quando a nódoa for removida, passe a área afetada com um pano branco limpo, embebido em água fria simples, e esfregue suavemente para retirar quaisquer vestígios da solução de limpeza. Em seguida deixe secar completamente.

Também poderá tentar aplicar vinagre para remover as manchas de churrasco, mas teste primeiro a resistência dos estofados num local discreto, a fim de garantir que o vinagre não descolora o tecido dos estofos.

Tirar nódoas de churrasco de carpetes e tapetes

As instruções para a remoção de uma manchas de churrasco dos tapetes são as mesmas que as indicadas para os estofos.

No entanto, se este método não resultar, poderá fazer uma solução com 1 colher (sopa) de amoníaco e 2 copos de água morna, usando-a para remover eficazmente as manchas.

CUIDADO:

Uma vez que o vinagre é um ácido e o amoníaco uma base, utilizando-se um após o outro na tentativa de remover as manchas irá neutralizar os efeitos de ambos, a menos que limpe completamente quaisquer vestígios da solução de vinagre antes de aplicar a amoníaca.

Conhece uma técnica diferente e eficaz para remover manchas de molho para churrasco?
Partilhe a sua dica de limpeza sobre este tipo de nódoa, deixando um comentário a este artigo.

Como limpar o micro-ondas

O micro-ondas é um eletrodoméstico no qual a probabilidade de adquirir odores é maior quanto mais for o seu uso. Para evitar os odores indesejados, é necessário limpar o micro-ondas após cada utilização. Se o utilizar com bastante regularidade, é mesmo desejável efetuar uma limpeza profunda, uma vez por semana.

Limpar o micro-ondas por fora não é uma tarefa difícil, basta para isso um pano, em detergente líquido e deixar secar. A dificuldade está na limpeza interior. Pode ser uma tarefa árdua, mas não impossível. Existem mesmo vários processos para efetuar a limpeza interior do micro-ondas, alguns deles baratos e ecológicos.

Comecemos pelo método do vinagre.

  1. Encha um recipiente que possa ser colocado no micro-ondas com uma  solução de água e vinagre em partes iguais e coloque-o no interior do micro-ondas.
  2. Ligue a temperatura máxima durante cerca de 3 minutos.
  3. Com uma esponja humedecida na solução de água e vinagre, limpe todo o interior do micro-ondas, sem muito esforço a esfregar, uma vez que esta solução ajuda a amolecer os restos de comida contidos nas paredes. Muita atenção ao retirar a solução do micro-ondas, ela está muito quente e pode provocar queimaduras graves.

Um outro processo simples e natural para limpar o micro-ondas é o do limão:

  1. Num recipiente adequado para o micro-ondas, misture o sumo de um limão com 300 ml de água.
  2. Coloque o recipiente no interior do micro-ondas e ligue a temperatura máxima durante aproximadamente 10 minutos, permitindo deste modo que o vapor libertado se condense nas paredes e tetos do micro-ondas.
  3. Retire o recipiente do interior do micro-ondas e passe um pano por todo o interior do mesmo. Desta forma, conseguirá remover os restos de comida, sem grande dificuldade.

Se mesmo após estes métodos naturais e rápidos, os restos de comida persistirem, pode limpar o interior do micro-ondas com um detergente da loiça:

  1. Encha com água morna um recipiente que possa ser aquecido no micro-ondas.
  2. Adicione um pouco de detergente ao recipiente e coloque-o no micro-ondas à temperatura máxima até que a água comece a vaporizar.
  3. Retire imediatamente o recipiente do micro-ondas e, com uma esponja húmida, limpa-se o interior, sem necessidade de esfregar. Para não ficar com um cheiro muito intenso ao detergente, pode adicionar um pouco de bicarbonato de sódio à mistura.

Se mesmo assim alguns restos de comida continuarem a resistir à limpeza, deixe ficar no interior do micro-ondas, durante 24 horas, um recipiente com amoníaco e notará que os restos estão muito mais soltos e fáceis de limpar.

Com a utilização intensiva do micro-ondas há odores que se entranham no interior do aparelho e provocam maus cheiros. Uma boa solução para eliminar os odores do interior do micro-ondas é limpá-lo com um pano húmido, numa solução de bicarbonato de sódio e água morna.

Para uma melhor manutenção e uma limpeza mais duradoura, o ideal é adquirir tampas apropriadas para micro-ondas e cobrir a comida, evitando desta maneira que a mesma espirre para todos os lados. Nunca se deve aquecer de um recipiente hermeticamente fechado no micro-ondas, pois com o calor pode rebentar e, além de ficar com a comida estragada, suja-se o interior do micro-ondas.

Dicas de Limpeza do Frigorífico e Congelador

Neste artigo, deixamos-lhe algumas dicas fáceis de seguir para que possa manter o seu frigorífico e congelador limpos e organizados.

É sabido que um frigorífico mal limpo propicia o desenvolvimento de bactérias que acabam por contaminar os alimentos. No entanto, é preciso saber quando e como se deve proceder à sua limpeza.

Quando e como se deve limpar o frigorífico?

Há indícios que demonstram a necessidade de fazer uma limpeza ao frigorífico. O primeiro deles é o aparecimento de odores desagradáveis quando se abre a porta do eltrodoméstico. Quando tal acontece, é sinal de que o frigorífico precisa urgentemente de cuidados de limpeza e manutenção. Para evitar situações como esta, faça uma limpeza periódica, que poderá programar atempadamente para um dia de fim de semana, quando tem mais tempo disponível.

O frigorífico deve ser limpo todos os meses, não só para que os alimentos se conservem em bom estado durante mais tempo, mas também para a correta manutenção e conservação do eletrodoméstico.

Passos para fazer uma boa limpeza do frigorífico:
  1. Desligue o aparelho da corrente elétrica.
  2. Retire todos os alimentos, verificando os prazos de validade. Aqueles que se encontrarem em perfeitas condições poderão ser armazenados num saco térmico ou geleira.
  3. Retire todas as prateleiras e acessórios de arrumação, lave-os com detergente da loiça e seque-os muito bem.
  4. Estando o frigorífico completamente vazio, passe um pano húmido no seu interior para retirar a maior sujidade.
  5. Limpe o eletrodoméstico com um produto próprio para a limpeza do frigorífico (à venda nas superfícies comerciais) ou, para uma limpeza mais ecológica e igualmente eficaz, com água e vinagre em quantidades iguais. Já escrevemos um artigo sobre os benefícios do vinagre nas limpezas domésticas, que demonstra como este produto é muito bom para desinfetar as superfícies e remover odores (leia o artigo completo AQUI).
  6. As borrachas das portas do frigorífico, que funcionam como vedantes, devem ser limpas com a solução de limpeza usada para o interior do aparelho. Remova bem a sujidade usando uma escova de lavar loiça e passe depois com um pano húmido.
  7. Depois de todo limpo, deixe que o frigorífico seque, ao natural, e só depois reintroduza as prateleiras, caixas e restantes acessórios.
  8. Volte a ligar o aparelho à eletricidade e reintroduza nele os alimentos a conservar.
Como manter as portas do frigorífico limpas e brilhantes

A limpeza interior do frigorífico deve ser sempre complementada com a limpeza exterior (portas e, se for o caso de estarem acessíveis, paredes laterais). O recurso a toalhitas húmidas é, provavelmente, a solução mais prática para conseguir uma boa limpeza e brilho deste tipo de superfície. No entanto, também é muito eficaz a utilização de uma esponja ou pano suave, humedecido com água morna e sabão.

Para evitar o aparecimento de ferrugens indesejadas e prolongar o brilho do eletrodoméstico, também poderá aplicar um pouco de cera para automóveis.

Soluções ecológicas para um frigorífico sem cheiros:

Apesar de ser fácil de encontrar produtos específicos para eliminar os odores do frigorífico, há soluções caseiras que, além de ecológicas, se tornam mais eficazes. Para lá da tradicional taça com vinagre ao fundo de uma prateleira, poderá usar o bicarbonato de sódio ou café moído para esse fim. Além destes, é também muito comum a utilização de uma metade de limão, embora, neste caso, deva ter o cuidado de evitar o contacto direto da parte ácida com o aparelho, afim de evitar eventuais manchas.

Quando e como se deve limpar o congelador?

O congelador não deve ser limpo com tanta frequência como o frigorífico, até porque não está sujeito a uma utilização tão intensiva, tem gelo e armazena alimentos durante um período de tempo mais longo. Assim, enquanto o frigorífico deve ser limpo mensalmente, o congelador só o deve ser descongelado a cada 6 meses. No entanto, o processo de limpeza é exatamente o mesmo que o utilizado para o interior do frigorífico, a única diferença é ter de o deixar descongelar.

DICA ÚTIL:

Para evitar que o gelo se agarre às paredes do congelador após a limpeza, espalhe sobre elas uma camada fina de vaselina.

Descongelar bem o congelador antes de limpar
  • Para absorver melhor a água que se vai libertando à medida que o gelo se desfaz, use uma toalha ou lençol velhos.
  • Nunca recorra à utilização de água quente para acelerar o processo de descongelação, que deve ser feito de forma gradual (ao natural), após desligar o aparelho da eletricidade.
Como manter o frigorífico e o congelador limpos e organizados

A forma mais simples e eficaz de manter o frigorífico e congelador limpos e organizados é através de uma boa arrumação dos produtos, aproveitando os espaços e acessórios disponíveis para cada tipo de alimento.

  • A fruta e os legumes (que são os alimentos mais perecíveis) devem ser colocados na base do frigorífico, nas gavetas disponíveis para esse fim, definindo uma para os legumes e outra para as frutas.Estes espaços de arrumação estão posicionados próximo do congelador, permitindo uma maior frescura.
  • Procure organizar os alimentos por categorias, de forma a conseguir localizá-los mais facilmente e manter o frigorífico bem arrumado.
  • No caso de alimentos como os iogurtes, ponha à frente os que se encontram mais perto do fim da validade.
  • No congelador, guarde os alimentos por categorias nas gavetas, de acordo com o seu prazo de duração

Mantendo cuidados de limpeza e organização aqui indicados, conseguirá manter o seu eletrodoméstico limpo, acessível e prático para a utilização diária.